As delícias do cabelo curto – ou O que você deixa de fazer por medo?

mgid-uma-image-mtv.jpg

Se meus ouvidos tivessem um contador de palavras acoplado, tenho certeza que teria entrado em pane pela quantidade de vezes que o termo “CORAGEM” foi dito quando cortei o cabelo. Não se sinta ofendido se você foi um dos personagens que disse isso, até porque não houve nada melhor para receber do que o título de “corajosa”, pois descobri, depois disso, ser bem mais do que já pensei ser. Mas a família-tradicional-chata-brasileira mais uma vez se revira no caixão; dessa vez, sem sequer saber que faz parte desse grupo arcaico.

Por que remover uns bons centímetros dos fios é visto como um ato de bravura pelas pessoas? Aliás, vamos melhorar a frase: por que quando uma mulher corta uns bons centímetros de cabelo é então uma mulher corajosa?

Começo a pensar que o fato de a maioria de nós, mulheres, termos fios longos esconde muitos outros significados além da estética. Sim, cabelos longos são maravilhosos em mulheres (em alguns homens também… ou não), e, inclusive, eu amo meu cabelo longo.

– Então por que você cortou?!

– Hum, deixa eu ver… estava passando numa rua um tanto deserta quando, de repente, pessoas encapuzadas me sequestraram, me levaram pra um salão de beleza e me obrigaram!

Juro que essa resposta passou silenciosamente pela minha cabeça dezenas de vezes, mas por educação a quem não aguenta um sarcasmo, sorri e disse o mais simples: “Porque eu quis.”

Peço mais uma vez, não se ofenda se a carapuça servir, estamos num debate amigável sobre o tema. Mas preciso dizer que, diante da reação de alguns conhecidos e amigos, me senti integrante do movimento sufragista nos anos 1700 e tantos. “Eu não teria coragem” foi provavelmente a segunda frase mais ranqueada, logo após a palavra “Coragem!”.

tumblr_nqnzndSjtN1qhwa5to1_500

Agora, eu me pergunto e talvez você possa perguntar a si mesma, “Mulher, o que te impede?!”. Entre as respostas aceitáveis eu listaria: “Acho que meu rosto não fica bem de cabelo curto” (ok) “Não gosto de ter cabelo curto” (ok) “Eu amo meu cabelo comprido” (ok).

Mas minha irmã, se eu descobrir que você está simplesmente pensando em coisas como: “Mulher tem que ter cabelo comprido pra ser feminina” ou “Mas o que os outros iriam pensar?” ou (a pior de todas) “Homem gosta de mulher de cabelo comprido”… senta aqui porque nós temos que conversar.

PÁRA! Chega de dar corda a estereótipos que em pleno 2016 ainda reverberam como se vivêssemos no século XV. Mulher de cabelo curto pode ser feminina SIM. Ninguém tem que dizer nada sobre a escolha do teu corte de cabelo NÃO! E homem que é homem, e não moleque, se interessa por outras coisas muito antes de querer saber do teu cabelo, ta bom? Ta bom.

Saiba, mulher, que essa revolução silenciosa que acontece dia após dia está em suas mãos. E não, você não precisa cortar o cabelo pra ser parte disso. Você precisa simplesmente fazer o que você quiser. Obrigada, de nada.

annabel_gringnet.jpg
Jornalista semi-praticante, gestora em marketing digital e pseudo-escritora nas noites de insônia. Leva ao pé da letra que a vida imita a arte e deixa pequenos segredos em todas as entrelinhas. Mais em: facebook.com/alfarrabioficial
Anúncios

Deixe sua opinião aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s