Você não nasceu pra ser uma máquina! | 5 Dias pra se amar mais – DIA 03

sereia03_batah

Ainda que você tenha uma quedinha por uma grana a mais na sua conta, e não se importe de fazer algumas horas extras no trabalho pra conseguir adquirir um aumenta-boca da Kylie Jenner – que com o valor do dólar agora, tá meio forçado o preço – é preciso entender o real motivo pelo qual você trabalha tanto. E se você tá pensando que o real motivo não é comprar o aumenta-boca, mas sim toda a coleção das Kardashian pra C&A, você ainda não está me entendendo.

A gente vive num negócio que chama “corrida dos ratos” – correr muito atrás de algo junto com um fluxo, mas sem saber o porquê. Na minha opinião essa corrida começa quando a gente ainda tá na fase escolar, se esforçando pra estudar coisas que não vão servir tanto assim para a nossa sobrevivência na fase adulta. Depois você precisa entrar numa faculdade porque é isso que as pessoas fazem. E depois trabalhar muito pra conseguir comprar uma casa, um carro e ter uma vida “OK”. SPOILER: essa vida “OK” não acontece. Por mais dinheiro que você ganhe, mais dinheiro você vai precisar pra ter as coisas que você quer. Então você vai sempre trabalhar muito e precisar trabalhar ainda mais pra tentar se manter “OK” na sociedade – e sempre vai ter alguém com uma vida financeira melhor do que a sua, Silvio Santos tá aí pra comprovar essa informação.

A essa altura da vida, você já não cuida mais da sua saúde física e mental, tem 25 anos já com rostinho de 97, não fez as coisas que idealizava quando era uma adolescente sonhadora e nem tá com tanta grana na sua conta assim. Você é um personagem do filme “Tá Todo Mundo Louco” e na verdade nem poderia estar lendo esses texto, com tantas outras coisas mais importantes pra correr atrás.

NÃO, eu não estou aqui pra fazer uma apologia ao desemprego e a venda de pulseiras de miçangas na porta do metrô. Entendo que muitas pessoas não podem jogar tudo para o alto e sair pelas ruas gritando que são livres do fluxo capitalista. Mas é importante vez ou outra todo mundo parar um pouco a correria da rotina e se perguntar se está trabalhando para uma causa em que realmente acredita. Dinheiro é muito legal, mas você também está fazendo algo pelo mundo? Pelas pessoas? Qual o impacto do seu trabalho naquele cara alí? (Imagine qualquer cara.)

Saber bem o que você está fazendo, como seu trabalho chega nas pessoas e gostar do que você faz, é importantíssimo pra você saber quem você é, se situar no planeta Terra, se validar como ser-humano e ser dona da sua própria vida. Você não é um ratinho. Bora tomar um café e pensar um pouco nisso?

Esse texto faz parte da série: 5 dias pra se amar mais. Amanhã continua! 

Beijos,

perfil01


Gostou? Que tal dar um like lá na fanpage pra dar uma forcinha?! (:

Anúncios

Deixe sua opinião aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s