Típico atrito no início de uma quase relação (ou o boy NÃO magia)

boys ugh.PNG

Vocês estão ficando há dois meses. Tá tudo muito bom, tudo muito bonito, tudo show de bolas, mesmo você sabendo que ele tem medo de se envolver porque passou por uma relação traumática antes de você – no qual uma das últimas lembranças que ele tem desse namoro é de um controle remoto da Net sendo arremessado em seu olho esquerdo depois de um comentário inapropriado sobre a Jennifer Lawrence. Então você tenta ter um pouco de paciência e deixa rolar.

Agora já fazem 6 meses que vocês estão ficando e toda aquela sua paciência começa a perder um pouco a força, porque da mesma forma que ele passou por uma relação traumática e não quer se comprometer tão cedo, você também passou por um lance meio esquisito uma vez que ficou meses & meses com um cara que falava que tinha medo de se relacionar de verdade, até que um dia conheceu uma menina chamada Olívia num bloco de carnaval em São Luiz do Paraitinga e depois de uma semana já estava apresentando ela pra toda a família e tirando selfies com ela fazendo sanduíches de beijos na bisavó dele de 90 anos. Você fica aflita, fica um pouco desgostosa mas se controla, porque agora que já chegou até aqui cheia de elegância e serenidade não vai jogar tudo pro alto e questionar ele sobre vocês, já que você pode acabar se exaltando e assustando ele – que não vai suportar um piti pois vai lembrar da ex. Então vamos com calma, vamos no tempo dele.

tumblr_lx54grjPch1qe9igxo1_500.jpg

Você continua fazendo a Claópatra por algumas semanas – mesmo com a Olívia te assombrando todas as noites e puxando o seu pé enquanto você dorme – e ele continua sendo fofo, te apresentando pra todos os amigos dele e as vezes até deixando escapar alguns planos futuros que envolvem vocês dois. Todo esse cenário romântico é o suficiente pra que você já imaginar as feições que seus filhos vão ter, mas ainda não é o suficiente pra ele que quer te estudar mais um pouco pra ter certeza absoluta de quem você é antes de entrar “em um relacionamento sério”. Ele é apreensivo, cauteloso, inseguro e isso é até um charme: dá ainda mais vontade de pegar pra criar e mostrar que você veio para transformar a vida dele numa ilha paradisíca. Mas CALMA! Sua missão aqui ainda é provar que você não é louca que nem a ex dele, que você é uma menina diferente das demais, que você é calma ou tudo estará perdido, girando, girando, girando e descendo privada abaixo.Você se contém, ele está sendo fofo, você não quer estragar tudo. Liga pra sua melhor amiga que te alerta: “Miga, você tá ficando com ele há quase um ano e ele ainda não disse que quer algo sério? VISSH esse aí só quer pegar várias e te manter de estepe, só tá te enrolando, fica ligada!”.

Depois desse combo de frases tão reconfortantes, você que já está há tanto tempo envolvida & apegada começa a lançar algumas indiretas pra ele, as vezes um pouco mais nervosas, com a voz meio tremida, principalmente quando vocês estão passeando no shopping e você lança um “Lindo, vamo ver essa vitrine aqui?” em frente a alguma loja de alianças. Ele desconversa, fala pra vocês olharem a vitrine de uma loja de artigos para animais sendo que ele nem tem animais em casa. Ele finge que não sabe o que você quer e você finge que não sabe que ele não quer nada sério com você e nesse momento estamos chegando muito perto do nosso limite, já não dá mais pra ficar fazendo cosplay de Kate Middleton e encarando a vida com cara de paisagem.

nao tenho mt assunto mas vc é linda, casa cmg

Passam-se mais algumas semaninhas e o mundo começa a querer te ajudar. É um amigo em comum de vocês que vem falar que você poderia estar saindo com outros caras. É o porteiro do prédio dele que te pergunta se era você a mulher que saiu ontem do apartamento as 7h da manhã – quando você estava na sua casa dormindo. É um coletivo de mensagens no Whatsapp de uma menina que você não conhece, acendendo a tela do celular dele em cima da mesa de 2 em 2min enquanto ele tá há 40 no banheiro depois de vocês terem jantado no Si Señor.

Você descobre que ele estava saindo com pelo menos mais 6 moças além de você, uma delas chamada Lívia – que lembra muito Olívia – e a sua paciência definitivamente pede a conta, a maquininha da Rede, pega a bolsa e vai embora. Você faz aquela pergunta categórica pra ele do tipo “Quais as suas intenções comigo??” se transbordando inteira em cima da mesa da sala dele, ele se desestabiliza, não tava esperando por isso, não responde nada-com-nada, você fala alto com ele, você vê um DVD com um filme do Johnny Depp em cima da mesa e joga na cara dele. E ele que ficou por um ano inteiro sem saber o que falar pra você agora tem as palavras na ponta da língua: “VOCÊ É LOUCA!”. E vocês param de se falar. Dois dias depois está lá no facebook “em um relacionamento sério com Lívia” e a única coisa que te conforta nesse momento é que ele parou de enrolar uma de vocês e você quase consegue ficar feliz por ter sido parcialmente responsável por isso.

%22linda, arranjei ingressos, pra gente ir no jogo%22

Mas o que te deixa feliz mesmo é que seu amor próprio veio te resgatar a tempo de você realmente enlouquecer. Veio te trazer pra casa, te dar um cobertor, um café quentinho e uma lição de moral, te dizendo que você merece ficar no seu lugar, no lugar de ficar com alguém que não abre lugar pra você, porque LOUCURA mesmo seria continuar alí, naquela situação empatada, se desgastando por alguém que não valeria a pena. Seu amor próprio percebeu suas necessidades, até onde iam seus limites e é isso que importa, não é? Porque é esse relacionamento – você-com-você-mesma – que a gente carrega pra todo lugar que a gente vai, esse relacionamento que tem que ter prioridade pra gente, ele que tem que ser defendido com unhas e dentes independente do que acontece lá fora ou do que os outros vão pensar. E os homensssszzzzzzzZZZ! – Quem entende?

perfil01


Já participa do nosso grupinho? <3

 

 

 

 

Anúncios

2 comentários em “Típico atrito no início de uma quase relação (ou o boy NÃO magia)”

Deixe sua opinião aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s