O que esperamos pras festas de fim de ano – e pra 2016!

tumblr_nk5g9mTomk1qk41blo1_500

Confesso que ia sair à francesa de dois-mil-e-crise, sem que ninguém me notasse já do lado de fora da festa chamando um Uber pra 2016.

Não consegui planejar uma despedida oficial com brindes e mini-panettones pra vocês pegarem na saída (risos). A verdade é que eu não tinha mais muito o que dizer sobre esse ano porque disse tudo o que pude por aqui durante os meses que se passaram. Também fiz um post semana passada com algumas reflexões para o ano-novo e achei que já estava de bom tamanho, mas decidi que seria uma boa oficializar esse recesso e voltar ano que vem com o assanhamento recarregado.

E andei pensando em algumas coisinhas que queria dizer antes que meu ~Uber~ chegue.

Como muitos mortais, todo final de ano eu costumo fazer um balanço do ano que se passou: o que fiz, como me saí, o que senti, o que ganhei, o que perdi, o que aprendi. Mas nesse ano, algo diferente aconteceu e foi muito mais fácil chegar a essas respostas – e elas foram muito mais impressionantes e profundas do que eu imaginei.

O VV nasceu no início de 2015 e aparentemente é um blog pessoal, com reflexões sobre o universo que me rodeia. Entretanto, pra conseguir abastecê-lo eu tive que sair um tanto da minha zona. Ler coisas que eu nunca tinha lido, falar com pessoas que eu mal conhecia sobre assuntos que eu nunca tinha imaginado – e tudo isso pra gerar conteúdo para outras pessoas, o que fez com que meu olhar se desenvolvesse mais em relação ao outro e pela primeira vez eu não fui o centro da minha galáxia. Concluí que não dá pra entender o funcionamento do mundo e viver em sociedade sem conhecer as pessoas, suas histórias, seus limites e isso também me ajudou a reconhecer a mim mesma, percebendo meu lugar no mundo e minha pequenez diante dele – o que também me trouxe muito conforto (ninguém aqui precisa ser incrível pra agradar).

Talvez essa reflexão nunca tivesse me ocorrido nos anos anteriores pela correria da rotina, sempre atrás de sucesso, aprovação alheia e posses – de coisas e pessoas. Então, o que desejo nesse Natal é: que a gente possa conhecer mais os outros. Nos colocar no lugar do outro antes de tirarmos nossas próprias conclusões com base no que foi vivido por nós porque cada um tem sua bagagem, seus genes, seus sonhos, seus medos e uma visão diferente sobre a vida. Nesse Natal eu desejo que a gente possa olhar nos olhos de quem conversa com a gente e trocar experiências verdadeiras, com respeito e interesse genuíno, pois nessas trocas que a gente se transborda. Nesse Natal, eu desejo empatia – essa palavrinha tão libertadora!

E como os presentes de Natal a gente sempre usa no ano-novo, fica a dica pra usar muito essa atitude em 2016! Que a gente tenha um ano lyndo cheio de coisas maravilhosas pra compartilhar!

FELIZ NATAL!

FELIZ ANO NOVO!

Beijos da Julis <3 AMO V6!

img-thing

P.S.: As meninas estão me perguntando sobre a promo pra ganhar o batom da MAC! Migas, o sorteio ficou pro começo do ano – por questões técnicas. Ainda estamos vendo quando e de que forma vamos fazer (talvez possa cair na mesma semana do aniversário do blog), enquanto isso vocês ainda podem mandar as fotos!! Continuem participando e acompanhem novidades pela fanpage! (:

 

perfil01


Já participa do nosso grupinho? <3

 

 

Anúncios

Deixe sua opinião aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s