Todo mês ela faz tudo sempre igual

ar4yd96_700b_v1

Sexta-feira e eu acordei horrorosa. S E X T A ? É sacanagem.

Tomei um banho, e enquanto lavava a embalagem que abriga a inquietude dessa alma, senti que ela também parecia ocupar um pouco mais de espaço no mundo do que deveria. Mais precisamente na parte traseira, e eu nem tinha comido aquele lancho delícia que tive vontade no dia anterior. Tem coisa errada aí.

Depois dei de cara com um cabelo bem desgrenhado e parecia que nada ia controlar aquele ninho, mas passei um creme pois a esperança é a última que morre. Aliás, quem foi que falou isso? “A esperança é a última que morre”? Idiota! A última que morre é a minha sogra. E olha que eu nem tenho uma, o que faz com que ela tenha uma vida ainda mais longa dentro da minha imaginação.

Mas minha pele parecia ser o personagem que ia protagonizar as cenas mais dramáticas daquele filme. Protetor solar. Primer. Corretivo. Base. Corretivo. Base. Corretivo. Base. E nada. Nada de anjos soprarem o vento divino da Beyoncé em mim, como geralmente acontecia. Esperava mais de vocês.

tumblr_inline_mq1obc7xwl1qz4rgp

Vesti uma calça de moletom, que era o que estava me servindo naquele momento, e decidi que não era um bom dia pra sair. Abri a geladeira, tinha uma torta de morango. Abri mais uma vez, outra, outra e só mais uma vezinha. A torta diminuiu e meu enjôo aumentou.

Fui pro Netflix e tentei fugir de qualquer filme imbecil com casais sendo felizes de uma forma que poucos mortais na Terra serão. Queria me sentir fazendo parte de uma pequena fatia da sociedade que assiste filmes cults tomando uma taça de vinho e dando risadinhas de canto de boca com termos europeus que ninguém entende. Mas horas depois, me encontrei chorando em posição fetal com um Chokito na boca, assistindo uma palestra do Ted Talks sobre produtividade.

Abri qualquer livro pra ler, mas não deitada na cama porque meu peito doía como se eu tivesse levado um soco. O peito-peito e os peitos-seios, todos eles, em todos os sentidos, dor latejante. Crônicas. Sobre pais, filhos e fui embargando no choro denovo. A vida é linda, né? E ao mesmo tempo é o palhaço Arrelia apontando o dedo pra sua cara e rindo muito.

tumblr_inline_mq1om2H9cu1qz4rgp

Fiquei surpresa no quanto meus olhos conseguiam produzir água em apenas um dia. Quem precisa de racionamento? No dia seguinte uma onda de paz tomou misteriosamente a minha circulação sanguínea. Me olhei no espelho e apesar de ter chorado tanto, meu semblante era até que mais simpatiquinho. Mais vivaz, de quem segura a onda, que sabe o que quer da vida e que se oferece pra fazer o vinagrete quando tem churrasco.

Abaixei pra fazer xixi e… SURPRESAAA! Olha quem está aqui, marcando presença na minha calcinha, me dando o seu “oi” de todo mês e tirando uma com a minha cara como quem diz: “Era tudo brincadeira! Você caiu denovo! HA-HA-HA”. E eu, que mais posso fazer, senão rir com o rosto corado e a mesma vaidade desconcertada de quem descobre que o cara fantasiado era o Ivo Holanda e que tem uma câmera escondida logo alí? A tpm é uma pegadinha do Silvio Santos. Fico puta, acho graça e fico em paz.

Todo santo mês.

perfil01


Curtiu? Entre pro nosso grupinho! <3

Anúncios

Deixe sua opinião aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s