Pra amar: Orange is the New Black | PI #02

1D5BDFEA

Não sei em que planeta você vive Vênus?, mas se você está aqui na Terra, provavelmente já ouviu falar dessa tão querida série do Netflix: Orange is the New Black (OITNB). Em suma, a série conta a história de uma garota de classe média-alta que vai parar na prisão por conta do envolvimento num tráfico de drogas e a trama se desenvolve a partir dos dias de cadeia e das pessoas que cruzam seu caminho por lá. Não vou dar spoilers hoje, só os pontos que achei interessantes.

Uma das coisas que mais me cativou na série é o fato de ela se aprofundar nas personagens. Quantas séries vemos por aí que são assim? Na maioria das vezes convivi com personagens rasos e previsíveis, desses que você já sabe 5 minutos antes o que ele vai falar. Mas em OITNB existem muitas cenas surpreendentes, diálogos não verbalizados, ligações que fazem a gente raciocinar. E se for pra encantar ainda mais, muito desse raciocínio vem da emoção.

Um outro aspecto genial, é que a série não foca só em um personagem, mas em vários. Começou em torno da protagonista mas se dissolveu em várias outras histórias, mostrando tudo o que cada uma das detentas passaram para estarem alí e o quanto isso mexe com a cabeça delas. Mais um convite para tentarmos não julgar as pessoas, uma vez que não sabemos nem um décimo sobre os seus limites e o que já passaram.

Orange-is-the-New-Black

E diferente de uma novelinha que passa na grobo, Orange is the New Black não tem uma boazinha e uma vilãzinha. Tem mulheres.

O showbiz nos ensinou que existe o bom e o mau e que as pessoas sempre serão da maneira que são. Sabemos que não é assim, né? Orange desmistifica várias certezas que a sociedade nos ensinou a ter, as temporadas trazem surpresas, não ha rótulos e sim seres humanos que estão se adaptando, se construindo, se reinventando. É uma série que não se define e não define ninguém.

E se ainda não se convenceu: a série tem humor, tem sarcasmo, tem muita piada inteligente feita de mulher pra mulher marisa. Tem malícia sim, porque todo mundo tem, tem egoísmo porque todo mundo tem, tem vaidade, feminismo, diversidade, revolta, falhas, tem sexo, tem amor de todas as formas. Tem lágrimas e gente de verdade.

E é politicamente incorreta, como todos somos.

tumblr_inline_nkut8zDMZQ1tp0wv0

:*

Esse é o texto PI#02, que faz parte de uma antologia de textos sobre comportamentos “politicamente incorretos”. Leia os outros!

perfil01


Gostou and quer mais? Vem curtir a fanpage e receber todos os posts no seu feed! :*

Anúncios

Deixe sua opinião aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s